Postagens

Postagem em destaque

Caciques e Indios.

Caciques e Indios.
Nosso País tem muitos problemas. Questões graves, aparentemente sem soluções fáceis, ou à vista, bem sabemos. Mas tem uma questão, que está na base de todos os nossos difíceis problemas.
O Cacique!
Projetos que vão e vem ao sabor das minorias, muito embora, eleitos por maiorias, decretos que não passam, ao bel prazer de legislativos e judiciários, que nao foram eleitos por ninguém, poderes que não mandam, e outros que... Conluios, grupelhos, fulanos e sicranos demonstrando de forma inequívoca sua capacidade de veto, e incompetência majestosa na construção de futuros.
Os Caciques!
Mandam e desmandam na vida e nos destinos da Nação e de seus indivíduos sem qualquer pudor ou escrúpulo, em ações descabidas, colares e cocares, em infindáveis danças da chuva e das cadeiras.
Os Caciques!
Um País com três poderes, treze poderes, trezentos poderes, que se atacam e desautorizam, multiplicam, potencializam, geometrizam, numa profusão complexa e confusa de ordens e contra ordens, que imp…

Lembranças do passado.

Quando a revolução militar de 1964 foi deflagrada, eu não havia nascido… ainda! Nasci logo depois, e cresci durante o período denominado “Anos de Chumbo”, em alusão óbvia, à presença militar no topo da cadeia de poder do País. Hoje, passados 55 anos, creio ser possível uma revisão histórica dos acontecimentos, envolvendo esta data criadora de clamores tão intensos em diversos segmentos da sociedade Brasileira, sem paixões e sem revanchismo, até por que, a revanche já aconteceu…
Em que pese o termo “golpe militar”, a história demonstra que, a deposição do Presidente João Goulart, foi comandada por diversas lideranças da sociedade civil organizada à época, como os governadores Carlos Lacerda, Magalhães Pinto, Ademar de Barros, e Roberto Marinho que dispensa apresentações, todos civis e com alto grau de penetração em diversas esferas sociais. Os acontecimentos após posse do Presidente Paschoal Ranieri Mazzilli, levaram nosso País à um período de repressão de liberdades civis e democráti…

Das Fogueiras e das Vaidades

Novos tempos, novas iniciativas, novo governo. Exceção feita às crianças e adolescentes, nenhum de nós imaginou ou acreditou em mudanças extremas, em curto espaço de tempo. Mas a chamada “velha politica”, permanece nova em folha, e seus resultados, os mesmos: A fogueira das vaidades.
Na contenda Sergio Moro x Rodrigo Maia, temos um que acredita que o outro é “empregado do Presidente”, e ao mesmo tempo acredita ser Patrão de alguém, pois fala em nome de si mesmo e representando seus próprios interesses, “exigindo” do Presidente da República, que “se alinhe”, faltou dizer à que referência. Na contenda Senadores x Presidente do Senado, os Senadores querem uma investigação que o Presidente do Senado não autoriza por que entende que seria uma contenda desnecessária, ou seja, para não brigar na rua, ele briga em casa.
Na contenda Marielle, Viúva, Família e Freixo, todos querem o direito à herança política da falecida, mas ninguém vai ao cemitério... Após um ano, fica a pergunta: Quem foi M…

Machistas!

Eu sou machista! 
Depois de 53 anos acreditando que não, descobri a verdade. Nasci na década de 60, filho de familia standard, pai, mãe, irmãos. Meu pai era um Militar machista, meus avós, todos eles, incluindo as avós, eram machistas, meus tios, militares, professores, mecânicos, engenheiros, advogados, todos machistas, pessoas de um tempo em que o feminismo simplesmente não existia.
Conclusão: Eu só posso ser machista!
A sociedade atual condena com veemência o machismo e suas mais diversas formas de manifestação, no entanto, somos resultado da criação que recebemos e dos complexos sociais  aos quais pertencemos.
No entanto, precisamos contextualizar os momentos e circunstâncias que definem nossas posturas de forma pragmática e objetiva. 
Cresci, assistindo meu pai abrir portas e ceder lugares à minha mãe, me formei assistindo meu pai e tios oferecendo presentes, tratando suas mulheres com respeito e consideração, assisti meus contemporâneos pedirem as mãos das  namoradas aos pais, “tempo” …

O tiro no pé

Imagem
Prezados amigos! Alguns “entendidos”, estão divulgando “pareceres e conclusões” cheios de teorias mirabolantes, sobre assuntos complexos, dos quais fazem pouca ou nenhuma idéia de como funcionam em verdade. Mais uma vez repito: Devemos ter cautela e serenidade nas análises feitas por esta moderna casta de “Asnos Premium” que circulam livremente em nosso meio.
Exemplo:

Este assunto precisa ser visto e revisto com bastante atenção e cautela.
O custo do combustível hoje no mundo, considerando empresas de grande porte, como a WFS, pratica preços médios na faixa de USD +/- 2,80 o USGL. Ou seja, USD 0,70 à USD 0,80 cents de dolar o litro. As empresas aéreas brasileiras, pagam em média R$ 2,20 à R$ 2,40 (Reais) o litro. Estamos falando de USD 0,55 à 0,65 cents de dolar o litro. 
Isto posto, de fácil comprovação em consultas simples ao mercado fica a questão: À quem mais uma vez, estão tentando enganar? À quem interessa ou beneficia,  uma redução nos encargos dos combustíveis mais baratos do mundo ociden…

A Mídia e a Informação

Recebi de um grande amigo, um texto intitulado “Um esclarecimento de Roberto Schwartz.”, que trata de desmentir uma das questões ligadas à manifestações “inexatas e tendenciosas” em relação ao Presidente Eleito Jair Bolsonaro e ao novo governo.
É verdade que, grande parte da imprensa que temos no Brasil, mormente a mídia televisiva, muito embora as demais nada deixem à desejar nesta matéria, diariamente nos assedia e bombardeia com dados e idéias nem sempre honestas e de bom caráter, tentando nos fazer acreditar que estão cobrindo “fatos” e não, formulando “versões”.
Presenciamos,  e somos alvos, de um processo de massificação de informações, que segundo boa parte dos entendedores e analistas, carecem de fontes fidedignas, análise equilibrada e “censura” no bom e amplo sentido, que deveria ser exercida pelos próprios editores responsáveis pela divulgação de determinados assuntos e matérias de maneira expontânea e alinhada com os interesses da sociedade.
No entanto, sabemos todos que, est…

Carta Aberta à Comunidade Aeronáutica Brasileira

Curitiba, 23 de outubro de 2018.

AO EXMO SR. PRESIDENTE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ELEITO, JAIR MESSIAS BOLSONARO, À COMUNIDADE AERONÁUTICA BRASILEIRA, E À SOCIEDADE BRASILEIRA. 
Excelentíssimo Sr. Presidente da República Jair Messias Bolsonaro, Prezados Membros da Aviação Civil Brasileira e da Força Aérea Brasileira, Demais Interessados. 
Sou membro da Comunidade Aeronáutica Brasileira, mas em primeiríssimo lugar, sou um Cidadão Brasileiro, e um Patriota.  Sirvo à Aviação Civil Brasileira há 34 anos, e desejo neste momento expressar um pensamento, que representa os anseios de uma grande parte deste setor, e conto com o aval de um grande número de integrantes desta comunidade que me conhecem, e confiam em meu julgamento.
De acordo com dados recentes, a Comunidade Aeronáutica Brasileira é composta por 145 mil profissionais civis dos quais 45 mil diretamente ligados ao voo, e algo em torno de 80 mil militares, dos quais 14 mil direta ou indiretamente ligados ao voo e missões no Espaço…